O que é a fibra para o lar ou FTTH?

A fibra para o lar ou Fiber to the Home (FTTH) é uma arquitetura de rede de acesso que permite implementar a tecnologia xPON, proporcionando a maior velocidade possível de acesso à internet em sentido descendente (desde a rede do operador de telecomunicações até o usuário final) e em sentido ascendente (desde o usuário até a rede), por meio de fibra óptica, desde o equipamento de comutação de operador até cada casa. A fibra vai diretamente à casa do usuário final.

Fiber optic Dark Fiber - Ufinet

A FTTH – xPON substitui a infraestrutura baseada em cobre (xDSL) e coaxial / fibra (HFC) pelas seguintes razões:

  • Tem capacidade de proporcionar velocidades de transmissão bidirecionais muito mais altas, fornecendo uma grande quantidade de informação digital (telefone, vídeo, dados etc) de maneira mais eficiente. A fibra tem uma capacidade praticamente ilimitada e suas atualizações de largura de banda só se limitam pelo equipamento ativo usado.
  • Redução de custos de componentes e equipamentos FTTH nos últimos anos (fibra, caixas de junção, divisores, drop, OLT, ONT, etc.)
  • Os custos de manutenção também baixaram, visto que não há equipamentos ativos no campo que requeiram manutenção e os componentes ópticos são extremamente confiáveis. A operação e manutenção da rede é mais simples, usando automação total e controle de software, o que requer menos pessoal.
  • A longa vida útil do cabo de fibra óptica (mais de 30 anos).
  • O fato de não ser afetado por interferência electromagnética (que se traduz em tempo de inatividade nas redes de cobre).
  • O menor consumo de eletricidade (em comparação com as tecnologias HFC ou xDSL).

Segundo os especialistas do Conselho FTTH, as conexões FTTH são a única tecnologia com largura suficiente de banda para dar conta das demandas previstas dos consumidores durante a próxima década de maneira confiável e econômica.

Como a UFINET FTTH fornece?

Fiber to the Home converteu-se em outra linha comercial dirigida pela UFINET e oferecida a todos os operadores na América Latino sob um modelo de rede aberta e neutra, aproveitando a surpreendente rede de grande alcance, com sua alta capilaridade implantada nos últimos 20 anos, a gestão de redes e a qualidade do serviço prestado.

Principais controladores que sustentam nossas soluções FTTH para nossos clientes:

  • Redes passivas
  • Redes ativas –bitstream
  • Implantações em massa de ponta a ponta
  • Gerenciamento, operação e manutenção
  • Backhaul e trânsito de IP
  • Provisionamento e integração do sistema de gerenciamento operacional

Redes FTTH ativas e passivas

Modelo passivo (serviço dedicado xODN para operadores)

A UFINET fornece um serviço ODN gerenciado por meio de árvores PON dedicadas, para conectar os usuários finais em uma determinada área de cobertura, cobrindo um determinado número de lares. O cliente UFINET é responsável por iluminar a rede, implementando a rede ativa (OLT no Escritório Central e ONT na casa do usuário final).

2) Modelo ativo (fluxo de bits)

A UFINET fornece um fluxo de bits (capacidade) suportado pela rede GPON FTTH, do Escritório Central (ou origem) até o lar do usuário final. O cliente UFINET recebe um modelo ativo completo. A UFINET possui a infraestrutura passiva e ativa e opera a rede ativa.

Se você é um operador com expectativa de alcançar uma alta penetração, o modelo passivo será a melhor opção para o seu negócio, em termos de custos, operação e escalabilidade. O modelo ativo, por sua vez,  lhe proporcionará uma alternativa perfeita caso tanto a construção quanto o gerenciamento da rede sejam seus.

A casa do usuário final pode ser uma SFU (Single Family Unit ou Unidade uni-familiar) ou uma MDU (Multiple Dwelling Unit ou unidade de habitação múltipla). Seja como for, a UFINET fornece a última milha (drop e ONT, quando aplicável) em ambas as soluções para chegar à casa do usuário final. Assim, nossos clientes se beneficiam de um serviço FTTH real de ponta a ponta.

Características:

  • Rede de múltiplos operadores: através de redes passivas independentes.
  • Alta eficiência: uso optimizado de divisores para clientes GPON inclusive com baixa penetração de clientes (divisores sob demanda), o que, por sua vez, implica um uso altamente eficiente da porta OLT.
  • modelo ativo (rede ODN, OLT e ONT de propiedade e proporcionada pela UFINET).

Embora tanto o cabo primário quanto o secundário estejam projetados sob uma topologia ponto a multiponto (proporção de 1:64), cada usuário final tem uma conexão lógica ponto a ponto. Os usuários finais enviam e recebem apenas os dados a eles destinados, independentemente de se o cliente UFINET adotou o modelo ativo ou o modelo passivo fornecido pelas suas OLT e ONT.

Componentes da rede FTTH e termos relacionados:

 

  • O Escritório Central ou Ponto de Presença é o local onde as linhas primárias de fibra óptica terminam e o lugaR que permite interconectar os troncos de saída às residências que passam pela Área de Cobertura (geralmente entre 30.000 e 50.000 Casas Passadas ou Homes Passed).
  • Área de cobertura significa a área que cobre as Casas Passadas.
  • Drop é a fiação FAT e saída óptica interior instalada em algum lugar da casa.
  • FAT é o acrônimo de Terminal de Acesso de Fibra (Fiber Access Terminal) e refere-se ao elemento de borda da ODN (Optical Distribution Network) da UFINET, onde o drop se conecta ao lar do usuário final.
  • A rede FTTH é o conjunto de elementos ativos e passivos que compõem o projeto Fiber To The Home (que inclui infraestrutura própria e de terceiros, tubulações, cabos de fibra óptica, nós, caixas de junção, divisores, distribuidores ópticos, OLT -Optical Line Terminal- e ONT – Optical Network Terminal-), bem como qualquer sistema e recursos operacionais necessários para a operação e gerenciamento adequados.
  • GPON é o acrônimo de Rede óptica Passiva Gigabit (Gigabit Passive Optical Network) e significa a rede de acesso óptico passivo com capacidade de gigabits conforme descrita na Recomendação UIT-T G.984.
  • Home Connected ou HC se refere a Home Passed ou Casa Pasada, onde o usuário final, atendido pelo cliente UFINET, solicitou um serviço de telecomunicações através da rede FTTH, e onde a UFINET habilitou com sucesso o acesso de fibra óptica à respectiva rede (modelo passivo), e serviço de capacidade relevante para a residência do usuário final (modelo ativo).
  • Home Passed ou HP é a unidade residencial que se encontra dentro da área de cobertura capaz de conectar-se à rede FTTH de UFINET para a prestação do serviço.
  • ODN é o acrônimo de Rede de Distribuição óptica (Optical Distribution Network) e refere-se ao conjunto de elementos que conectam o equipamento ativo central (OLT: Optical Line Terminal) ao equipamento doméstico do usuário final (ONT: Optical Network Terminal), ou seja, todas as fibras, emendas, conectores, divisores, ODF e FAT que compõem a rede passiva.
  • OLT é o acrônimo de Terminal de Linha óptica (Optical Line Terminal) e significa o equipamento ativo baseado em tecnologia xPON localizado no Escritório Central.
  • ONT é o acrônimo de Terminal de Rede Óptica (Optical Network Terminal) e refere-se ao equipamento ativo com base em tecnologia xPON, localizado na residência do usuário, que possui interfaces com os dispositivos que utilizam o serviço. ONT é o limite para a prestação de serviços por parte da UFINET no modelo ativo.
  • PFP é o acrônimo de Ponto de Flexibilidade Primário (Primary Flexibility Point).
  • Penetração refere-se à relação entre o total de residências conectadas e o total de residências aprovadas, de acordo com o escritório central da rede FTTH.
  • SFP é o acrônimo de Ponto de Flexibilidade Secundário (Secondary Flexibility Point).
  • Divisor é o elemento passivo de ramificação ou divisão óptica.
  • O serviço tem o seguinte significado, dependendo da solução FTTH fornecida:
    • Modelo ativo: capacidade ou também chamado serviço ‘bitstream’ , suportado em um enlace de fibra óptica através da rede GPON FTTH de UFINET que é ativada de uma porta OLT no CO para o ONT na residência do usuário final, com seu gerenciamento relevante, operação e manutenção. Através de tal serviço, o cliente de UFINET pode enviar seu tráfego e conteúdo aos usuários finais.
    • Modelo passivo: link de fibra óptica através da rede xPON FTTH de UFINET que é ativado a partir de uma posição da fibra óptica de distribuição (ODF) no CO até uma posição específica do terminal de acesso de fibra (FAT) mais próximo à residência do usuário final (ou diretamente na toma óptica da residência, quando Drop está incluso no serviço de UFINET), com seu gerenciamento, operação e manutenção relevantes. Através de tal serviço, o cliente de UFINET pode enviar seu tráfego e conteúdo a seus usuários finais.
  • Rede atacadista é a arquitetura utilizada pela UFINET para a rede FTTH, que está planificada como uma rede de múltiplos operadores, sem afetar nem reduzir as possibilidades de cobertura para quem apoia seus serviços nela. A UFINET dimensiona os elementos de rede necessários (cabos, ODF, PFP, SFP, FAT, OLT, etc.) à medida que são compartilhados entre sus clientes.
  • xPON é a versão X da rede óptica passiva, que se refere à versão de tecnologia óptica instalada pelo cliente de UFINET sobre um modelo passivo.

Abastecimento:

Para acessar os recursos da rede FTTH, o cliente de UFINET emite uma solicitação de alocação de recursos à UFINET em relação a seu cliente (o usuário final). Em resposta a esta solicitação, a UFINET realiza as atribuições necessárias na rede para alocar tais recursos e entregar o serviço solicitado a seu cliente.

A UFINET adapta seu sistema de abastecimento para gerar o menor impacto possível nos processos e sistemas do operador, expondo as API abertas às solicitações de processo.

Manutenção:

A UFINET realiza manutenção proativa e corretiva da rede FTTH para manter os mais altos padrões e níveis de serviço em redes de acesso deste tipo.

Modelo de Contratação

A UFINET oferece total flexibilidade para adaptar-se às necessidades financeiras de seus clientes, de CAPEX ou OPEX.

  • IRU. Modelo financeiro baseado em um “direito de uso irrevogável”, no qual o cliente adquire o direito de receber um serviço administrado de rede passiva dedicado ou uma rede de capacidade (no modelo ativo) para tratar de um número determinado de casas em uma área de cobertura a longo prazo. Este modelo está voltado àqueles clientes cujo modelo CAPEX funciona melhor que o OPEX.
  • Locação. O cliente de UFINET paga, com o tempo, uma quantia de dinheiro pelo serviço recebido: serviço passivo ou ativo para atender um número determinado de casas em uma área de cobertura. Este modelo está voltado àqueles clientes cujo modelo OPEX funciona melhor que o CAPEX.

Como funciona o faturamento do serviço?

Conforme mencionado anteriormente, o principal objetivo da UFINET é permitir a seus clientes escolher o melhor modelo de serviço, tanto como solução financeira quanto como parâmetro de cobrança.

De acordo com esta orientação voltada ao cliente, a UFINET adapta as ofertas de FTTH às necessidades de cada cliente segundo vários parâmetros e fatores chave de negócios:

  • Preço por casa aprovada para uma área de cobertura
  • Preço por casa conectada para uma área de cobertura
  • Preço estabelecido segundo a penetração. Quanto maior for a penetração, melhores serão os preços aplicados.
  • Condições especiais quando se toma take-or-pay
  • Backhaul e/ou IP Transit como serviço adicional

Além de muitos projetos implementados e outros em construção, em vários países da América Latina, baseados no modelo financeiro tradicional por domicílio aprovado, como um modelo inovador e revolucionário, a UFINET lançou recentemente implementações massivas de FTTH em Bogotá, Santiago, Buenos Aires e São Paulo, baseadas no domicílio conectado, em um modelo de aluguel sem compromisso.

FTTH – Colômbia
Projeto Bogotá (projeto em curso)
1ª fase lançada: 50.000 HP

Smart City Serena Del Mar, Cartagena
Alcance previsto: +30,000 HHP (projeto em curso)

FTTH en Argentina
Proyecto Florencia Varela – Buenos Aires (en curso)

FTTH – Brasil
Projeto Osasco – São Paulo (projeto em curso)
50.000 HP – 1ª fase lançada: 10.000 HP

Which is best for me? Management Services? Ask our experts today and drop an email to ufinet@ufinet.com.

Fiber optic data connectivity

Capacidade

Fornecemos grande opção de banda larga para conectividade ágil e segura sobre fibra óptica monomodo

Fiber optic dark fiber

Fibra Apagada

Extensa rede de más de 70.000 km de cobertura em fibra óptica deslocada na América

Internet satellite services

VSAT

Ampla cobertura via satélite através dos principais satélites internacionais com os que operamos

Co-location

Fornecemos serviço de Data Center ou Colocation facilities com presença nos principais POPs (pontos neutrais de presença) como o NAP das Américas em Miami, Los Ángeles, Nova York, Centro e Sul América.

Internet

Conectamos aos nossos clientes à internet em fibra óptica através dos principais ISPs internacionais da categoria Tier-1

Towering services in Latin America

Towering

Oferecemos serviços de torres de telefonia celular com benefícios adicionais para nossos clientes: pacote com energia elétrica, conectividade por FO e RF (caso necessário). Isso proporciona vantagens adicionais para os clientes, o que aumenta sua competitividade.

FTTH

Fornecemos aos nossos clientes redes FTTH em toda a América Latina com um modelo neutro, aproveitando nossa malha de longa distância implantada nos últimos 22 anos, além de gerenciamento da rede, experiência e qualidade nos

Direct Cloud Connectivity

A Ufinet oferece circuitos exclusivos e diretos para fornecer conexão à nuvem. Nosso produto possui escopo de conectividade pública (Internet) ou conectividade Ethernet privada ponto a ponto pelo Cloud Exchange.

Outros Serviços

Além disso, oferecemos aos nossos clientes o CPE Management (Lease), bem como Remote Hands & Eyes

Layer 3

Nossa rede L3 fornece conectividade IP privada e protegida independente da rede pública e interagindo diretamente com a rede do cliente, seja em roteamento estático ou dinâmico.

Contate-Nos

Nome (requisitado)

Sobrenome (requisitado)

E-mail (requisitado)

País de residência (requisitado)

País solicitado (requisitado)

Serviço (requisitado)

Empresa (requisitado)

FreelanceCompany

Nome da empresa

Possição

Telefone

Assunto

Mensagem

Aceito as condições de Uso
e Política de Privacidade.

Ao completar e enviar o presente formulário, você autoriza expressamente à UFINET LATAM SLU para incluir essa informação em uma base de dados, cuja finalidade exclusiva é entrar em contato com Você para atender qualquer solicitação realizada. Os dados não serão cedidos para terceiros, salvo obrigação legal. Poderá exercer os direitos de acesso, retificação, supressão (cancelamento), oposição, limitação ao tratamento de seus dados e portabilidade de acordo ao estabelecido na lei e na presente Política de Privacidade.

Name (required)

Surname (required)

Email address (required)

Country of residence (required)

Country requested(required)

Service(required)

Type of company(required)

Company

Possition

Telephone

FreelanceCompany

Name of company

Subject

Mensaje

I accept the terms of use and Privacy Policy.

By completing and sending this form, you expressly authorize UFINET LATAM SLU to include this information in a database whose sole purpose is to improve our services. The data will not be transferred to third parties, except legal obligation. You may exercise the rights of access, rectification, deletion (cancellation), opposition, limitation to the processing of your data and portability in accordance with the provisions of the law, and this Privacy Policy.